sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

VÍDEOS - Emilie - Gypsy Fusion

Fusão Cigana - Gypsy Fusion



Safar 2013 | Emilie - Gypsy Fusion

Spectacle présenté par l'école de danse orientale et danse thérapie Maryam Las Flores de Andalucia
Février 2013 | Fribourg
Visite e curta: Nossa Tribo & Nossa Dança

ENTREVISTAS - MARIANA QUADROS

 
BLOG: Conte-nos sobre sua trajetória na dança do ventre/tribal. Como tudo começou para você? 
Entrei na dança do ventre meio à toa; não tinha nenhum interesse especial por ela até começar. Comecei a fazer aulas no Clube Sírio de Santos, com a Jannah El Havanery. Acabei gostando das aulas e comecei a procurar mais informações e vídeos de dança na internet. Nessas pesquisas, encontrei um vídeo da Rachel Brice e foi amor à primeira vista. Fiquei absolutamente fascinada pelo que ela fazia, a postura, a roupa, os movimentos, as tatuagens (eu já tinha tattoos na época), e descobri que aquilo era Tribal Bellydance. Logo depois encontrei um vídeo da Lady Fred (que na época era Frèdèrique) e aí nunca mais teve volta! Não existia youtube na época, há 9 anos atrás não era fácil encontrar vídeos de tribal. Continuei fazendo aulas regulares de Dança do Ventre e comecei a estudar tribal sozinha em casa. Não havia aulas em Santos, então tudo que eu aprendia na dança do ventre eu tentava dar uma cara tribal. Ainda não tinha noção das diferenças técnicas entre os estilos, então ia no feeling mesmo.

BLOG: Deixe um recado para os leitores do blog. 
Tente entender o tribal e não ser só mais uma praticante ou entusiasta do estilo. Entendendo o estilo você terá muito mais inspiração e campo para se expressar real e unicamente, de uma maneira que acredito que poucas danças permitem. Se tiverem dúvidas sobre o estilo, podem me mandá-las pelo Facebook (Mariana Quadros)  ou pelo email (nanaquadros@hotmail.com). Ficarei contente em ajudá-los em suas pesquisas.
ENTREVISTA COMPLETA COM FOTOS E VÍDEOS: 
Visite e curta: Nossa Tribo & Nossa Dança

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

MANDALLA TRIBAL - CE

Inspirações - GRUPOS & Cias Brasileiros: Mandalla Tribal

Grupo de dança tribal e fusion de Fortaleza (CE), eventos, aulas e parcerias.







Mais fotos no álbum: Inspirações - NORDESTE
Visite e curta: Nossa Tribo & Nossa Dança

VÍDEOS - Eva Yerbabuena

Força e Precisão.  

Flamenco, lindo demais!



Eva Yerbabuena baila en un documental "Pulse: A Stomp Odyssey" (2002) con la colaboración de: Paco Jarana, Segundo Falcón, Enrique Soto, Antonio Coronel y Salvador Gutiérrez.
Visite e curta: Nossa Tribo & Nossa Dança

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

OUÇA AQUI! - The Odditorium

#ethnic #odd #bellydance #toids #rembetika

VÍDEOS - JAMILA SALIMPOUR

Jamila começou as performances de sua carreira aos 16 anos como dançarina acrobática no Circo dos Irmãos Ringling. Ela estudou a música e Dança do Oriente Médio e em 1947 começou a aparecer em eventos culturais e clubes étnicos em Los Angeles e depois em São Francisco, onde foi proprietária do Bagdad Cabaret

Ela começou a lecionar em 1952, desenvolvendo um método exclusivo de decomposição verbal e terminologia para os movimentos que a maioria de nós usa hoje. 

Em 1969 criou a Bal Anat, atuando e em tour com 40 membros da troupe.

Siga o painel PILARES - JAMILA SALIMPOUR de Carine no Pinterest.

Jamila tem vários trabalhos pessoais publicados, incluindo “Finger Cymbal Manual” (Manual de Snujs), uma história da dança do Oriente Médio “From Cave to Cult to Cabaret”, uma coleção fotográfica de dançarinas do Oriente Médio na Feira Mundial de Chicago, o manual "Dance Format" e inúmeros artigos.





Em 1972, John Carney terminou seu documentário sobre Jamila Salimpour e Bal Anat

O documentário inclui imagens de Jamila Salimpour ministrando aulas, uma entrevista de Jamila de 1970, e performances Bal Anat no Pleasure Faire Renascença. 

Você também vai ver imagens de Suhaila bem pequena. Divirtam-se! 


Visite e curta: Nossa Tribo & Nossa Dança

CLÃ LUA DE ISIS - RS

Inspirações - GRUPOS Brasileiros: Clã Luas de Ísis - Tribal e Oriente 

O nome Clã Luas de Isis – Tribal e Oriente, foi oficialmente criado em 2013 (antes era conhecido como “Grupo de Estilo Tribal e Dança do Ventre Filhas de Isis”) quando Morgan Mahira chegou à conclusão que era o momento de mudar e renovar a energia do grupo. Desde então tem participado de vários eventos, principalmente locais, incluindo o Piquenique Cultural, Dia do Patrimônio, CenaRua e alguns eventos nas cidades vizinhas, como o World Belly Dance Day em Jaguarão (organizado em 2013 por Marina Miranda). Também tem participado do Campeonato de Danças Árabes do LIBRAF desde 2012. Além disso, têm vários projetos de participação em outros eventos ao longo de 2014.

Professora: - Morgan Mahira - 
Dança do Ventre | Tribal Fusion | Dança Cigana


Horários
Terças às 18h e às 20h  
Quartas às 18h e às 20h 
Quintas ás 15h

(53) 9136-5317 e (53) 8149-1408 - PELOTAS/ RS


Mais fotos no álbum: Inspirações - SUL
Visite e curta: Nossa Tribo & Nossa Dança


terça-feira, 28 de janeiro de 2014

ÁRTEMIS TRIBAL FUSION - PE

Inspirações - GRUPOS Brasileiros: Ártemis Tribal Fusion

Grupo de tribal fusion da cidade de Recife/PE, dirigido pela bailarina, professora e coreógrafa Alê Carvalho.


ARTEMIS TRIBAL FUSION (O Corpo de Baile Aprendiz do Aquarius Tribal Fusion Cia de Dança) - segue com dois anos e meio de vida, por eles já passaram muitos alunos com intuito ou não de formação no campo da Dança é um grupo misto e também tem sede de trabalho no NUCFIRE – Núcleo de Cultura da Fafire, bem como o Hades e Aquarius. Do grupo dirigido por Alê Carvalho três ex-alunas integram o corpo de baile oficial da Cia. O Artemis recebe formação prático-teórica e caminha rumo à sua primeira avaliação formal. Atualmente é composto de dezesseis bailarinos, sendo deste nove já habilitados para cena.

http://aquariustribalfusion.blogspot.com.br/

Mais fotos no álbum: Inspirações - NORDESTE
Visite e curta: Nossa Tribo & Nossa Dança

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

ASMAHAN ESCOLA DE ARTES ORIENTAIS - RJ

Inspirações - GRUPOS Brasileiros: ASMAHAN Escola de Artes Orientais

Fundada em 2002 por Jhade Sharif, a Escola acredita que com turmas reduzidas, somente mulheres e com o correto ensino da técnica, as alunas podem emocionar e construir um corpo que tem prazer em se movimentar.


Através do espaço compartilhado entre profissionais e estudantes e proporcionando o intercâmbio através da arte da dança, pensamos e sentimos o movimento, com disciplina e consciência corporal.

Realizamos inúmeros workshops e cursos de aperfeiçoamento, além de cursos regulares em mais de 30 horários disponíveis.

Nossa filosofia é propiciar a todas as mulheres um encontro real com o lúdico e o poder feminino de libertação.

* Jhade Sharif - Nossa Fundadora e Diretora Geral - Jhade Sharif nasceu no Rio de Janeiro. Depois de graduar-se em Biologia na Universidade Santa Úrsula - RJ, Jhade trabalhou com esta especialização e mais tarde na área de publicidade e como diretora de criação.

Desde cedo manifestou seu interesse pelas artes de desenho, pintura, escultura e dança, tendo participado de recitais e salões de pintura junto a Sociedade Brasileria de Belas Artes. Seu talento natural para desenho aprimourou-se e conheceu em seguida a dança. Com mais idade, se inscreveu no curso de dança oriental oferecido no Clube Sírio Libanes pela renomada mestra Yasmin Anukit - a qual ainda hoje, Jhade considera como sua única e verdadeira mestra de dança.

Produziu e dirigiu inúmeros shows de dança, com pioneirismo no Rio de Janeiro. Na época em que a Dança do Ventre era desconhecida do grande público, Jhade já atuava intensamente com shows, workshops e aulas, primando pela qualidade técnica e ludismo em suas produções.

domingo, 26 de janeiro de 2014

TRUPE MANDHALA - BA

Inspirações - GRUPOS & Cias Brasileiros: Trupe Mandhala

Grupo Experimental de Dança Étnica Contemporânea formado em 2009 na cidade de Feira de Santana/BA. O grupo faz estudos e fusões entre estilos variados de dança, tendo como base a dança tribal. Busca também incentivar a prática da dança na cidade e divulgar os benefícios físicos, emocionais e sociais que a dança oferece, fomentando o conhecimento e posterior interesse nesta modalidade, oportunizando o surgimento de novos talentos.


Integrantes:

A Trupe também atua como Ponto de Linguagem da Dança no Feira Coletivo Cultural, coletivo integra ao Circuito Fora do Eixo.

Para saber mais, acesso: http://trupemandhala.blogspot.com.br/

As integrantes fundadoras são: Lyara Brito (coreógrafa), Mary Figuerêdo ( bailarina, publicitária e assessoria de comunicação da Trupe), Viviane Macedo (bailarina) e Andrea Farias (bailarina).

Participações eventuais, como Ary Harison, Sarah Zaida e Sarajane Lírio.

Além de coreografias, temos dado aulas de dança do ventre (Prof Viviane) e Tribal (Viviane e Mary), além de quem também realizamos eventos voltados para a promoção da dança em nossa cidade. Produzimos os Eventos Under Tribus, com duas edições realizadas, evento que tem o objetivo de levar a dança para ambientes comuns além dos palcos, e o Bailares, onde oferecemos aulas gratuitas ou a preços populares de diversos estilos de dança. Na primeira edição do Bailares, realizado em 2012, tivemos 2 meses de atividades com 16 oficinas de dança inteiramente gratuitas, e encerramos com um lindo show de gala com apresentação dos professores das oficinas e outros grupos/bailarinos convidados. Nesta edição contamos com aulas de Tribal com a Trupe e Joline, Indian Fusion com Bella Saffe, Dança do Ventre com Fernanda Guerreiro, Ragga com Caroline Arcade (França), Danças Populares Regionais com Lyara, Dança de Salão, Condicionamento Físico, Dança Afro, Expressão Corporal, Swing Baiano, Jazz, Dança Contemporânea, Dança Moderna, Kuduro e Street Dance - com professores de Feira e Salvador. O Bailares foi um projeto aprovado pelo edital do Calendário das Artes, e atualmente o projeto está inscrito novamente, aguardando aprovação para realização este ano.

Além destes eventos, também participamos da produção de outros eventos de dança e de artes integradas aqui na cidade, e temos outros projetos nosso diferentes para lançar este ano também. Além disso, somos Ponto de Linguagem da Dança no Feira Coletivo Cultural, coletivo integrado ao Circuito Fora do Eixo.

Para saber mais sobre a Trupe como histórico, currículos e portfólio, acesse 
 - http://www.trupemandhala.com.br/

Vídeos - http://www.youtube.com/results?search_query=Trupe+Mandhala&sm=12

Nossa coreo mais recente, estilo Tribal Brasil - http://www.youtube.com/watch?v=gU0r4zZsJPw

Fanpage do Bailares - https://www.facebook.com/Bailares 



Mais fotos no álbum: Inspirações - NORDESTE
Visite e curta: Nossa Tribo & Nossa Dança

sábado, 25 de janeiro de 2014

SHAMAN TRIBAL - RN/ SP

Inspirações - GRUPOS & Cias Brasileiros: Shaman Tribal Co. 

Com núcleos em dois estados brasileiros, a Companhia de Dança Shaman Tribal desenvolve, desde 2006, trabalhos de pesquisa para composição coreográfica, formação de corpo de baile eestudos sobre o estilo adotado pela companhia, a Dança Étnica Contemporânea, conhecida como Tribal Fusion Dance.


http://shamantribal.blogspot.com.br/

Juntas, somam apresentações e workshops em diversos estados brasileiros e em Buenos Aires, Argentina. Foram as pioneiras do estilo no Rio Grande do Norte, na cidade de Rio Claro/SP, e responsáveis pela disseminação do estilo na cidade de Brasília.

Integrantes:
* Ana Harf - Buenos Aires/ARG - Assessoria de Mídias Sociais
* Cibelle Souza - Natal/RN - Diretora, Coreógrafa e Professora - Bailarina Intérprete
* Cris Dantas - Natal/RN - Bailarina Intérprete Criadora
* Gabriela Góes - Santa Gertrudes/SP - Bailarina Intérprete Criadora
* Jamille Palej - Ribeirão Preto/SP - Bailarina Intérprete Criadora
* Luana Alves - Natal/RN - Bailarina Intérprete
* Marcia Carvalho - Piracicaba/SP - Bailarina Intérprete
* Paloma Maioral - Cordeirópolis/SP - Bailarina Intérprete Criadora
* Paula Braz - Rio Claro/SP - Diretora, Coreógrafa e Professora Bailarina Intérprete
* Priscila Miranda - Natal/RN - Bailarina Intérprete Criadora
* Regina Silva - Natal/RN - Bailarina Intérprete
* Tatiana Minchoni - Natal/RN - Bailarina Intérprete
* Te Gio - Natal/SP - Bailarina Intérprete Criadora


Mais fotos no álbum: Inspirações - SUDESTE 
Mais fotos no álbum: Inspirações - NORDESTE
Visite e curta: Nossa Tribo & Nossa Dança

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

CIA LUNAY - PB/PE

Inspirações - GRUPOS Brasileiros: Kilma & Cia Lunay - Tribal Brasil


A Cia Lunay existe desde 2003, dirigida por Kilma Farias, onde a pesquisa e construção do Tribal Brasil é o principal objetivo de sua existência.

Integram o grupo Jaqueline Lima, Juliana Garcia, Fabiana Rodrigues, Jaqueline Mendonça, Luana Aires, Priscila de Carvalho, Guilherme Schulze, Ademilton Barros e Kilma Farias

As apresentações da Cia Lunay mesclam o Tribal Fusion - fusão da dança do ventre com flamenco, indiana, danças folclóricas do oriente - com danças Afrobrasileiras - maracatu, coco, caboclinho, Orixás. De 2003 para cá o grupo já montou os espetáculos: Da Energia ao Movimento/2004, sendo premiado em 2005 na Mostra Estadual de Teatro e Dança como melhor produção em dança, De Corpo e Alma/2006, Ventre e Tribal/2007, Troupiniquim/2009, sendo este premiado com o primeiro lugar em Dança na Mostra Estadual de Teatro e Dança da PB, representando o Estado no Fenarte 2010, Caravana/2010, Tribal Brasil/2011 e Axial/2012.

A Lunay hoje possui núcleos em João Pessoa-PB e Recife-PE. Em Recife, a direção fica ao cargo de Karina Leiro, e conta com os bailarinos Danilo Dantti, Tamyris Farias, Daniela Albuquerque e Harumi.
Juntos, produzem a Caravana Tribal Nordeste, um projeto que integra as produções Tribais do Nordeste com sede em João Pessoa e Recife, acontecendo duas vezes ao ano. Em Recife, a produção fica por conta do Aquarius Tribal Fusion. A Caravana já está no seu quarto ano de existência e já recebeu incentivo do Fundo Municipal de Cultura-FMC.

A Cia Lunay já participou de eventos como Tribal y Fusion-SP, Tribal Show ABC-SP, Mujeres En Movimiento - MEM - Buenos Aires (Argentina), Fusiones em Lima-Perú, Spirit of the Tribes na Flórida (EUA), Gothla Rio, Campo das Tribos-SP, Caravana Tribal NE em BA, PE, RN e PB, produziu tantos outros a exemplo da Imersão com Sharon Kihara em João Pessoa-PB através da Bele Fusco e suas integrantes sempre estão se aperfeiçoando com grandes nomes internacionais a exemplo de Mardi Love, Ariellah, Anasma, Unmata, Jonh Compton, Tjarda, Sharon Kihara, Moria, Kami, Jill Parker, Mira Betz, Megha Gavin, entre outros.

O grupo também produz o Cultura em Movimento desde 2008, baterias de oficinas em danças étnicas que ajudam na construção do Tribal Brasil e já foram estudados diversos temas a exemplo de Coco de Roda, Dança dos Orixás, Afro (Danças de Trabalho), Popping, Havaiana, Cigana, Flamenco, Odissi, Cavalo Marinho, Kuduro, Frevo, entre outras.


Mais fotos no álbum: Inspirações - NORDESTE

Visite e curta: Nossa Tribo & Nossa Dança

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

CIA EXOTIQUE TRIBAL - DF

Inspirações - GRUPOS & Cias Brasileiros : Cia Exotique Tribal 
A Cia. Exotique Tribal tem como objetivo o aprofundamento na técnica da dança étnica contemporânea (Tribal Fusion).

Com a direção de Guigo Alves, os trabalhos da cia fazem um experimento com fusões não só com a técnica do Tribal fuison belly dance, mas com ballet, jazz, contemporâneo e diversos outros estilos!!!  Estudar é nossa prioridade!!!


Mais fotos no álbum: Inspirações - Centro-Oeste



Visite e curta: Nossa Tribo & Nossa Dança

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

OUÇA AQUI! - Belly Gang


Belly Gang from Virág Judit on 8tracks Radio.


*************************************************
Visite e curta: Nossa Tribo & Nossa Dança

MÊNADES - PE

Inspirações - GRUPOS & Cias Brasileiros: Mênades
O grupo Mênades foi criado na primavera de 2010 por um grupo de amigas, bailarinas de Tribal Fusion. Desde então, vem fazendo apresentações em eventos com temáticas bem diferenciadas. 

O grupo está na sua quarta formação, contando atualmente com três bailarinas: Alanna FigueiroaHayanna Saldanha Lima, e Karina Ártemis Afrodite.


Um dos primeiros grupos de Tribal Fusion de Pernambuco.

Mais fotos no álbum: Inspirações - NORDESTE


Visite e curta: Nossa Tribo & Nossa Dança

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

RAKAÇA TEMPLO DE DANÇA - RS

Inspirações - GRUPOS & Cias Brasileiros: Rakaça Templo de Dança 
http://rakaca.com.br/website/templo_danca/templo_danca.php


A Rakaça Templo de Dança é uma escola especializada em Dança do Ventre e Folclore Oriental.


Pioneira na serra gaúcha, foi fundada em agosto de 1997 por Michele Trentin, na intenção de preparar um local adequado e com privacidade, onde as alunas pudessem receber os tão especiais ensinamentos da dança com conforto, carinho e amor.

A Rakaça procura, acima de tudo, fazer com que através dos milenares movimentos da Dança do Ventre, cada mulher possa relaxar e se conectar mais consigo mesma, deixando aflorar sua real essência interior de beleza e assim possa celebrar sua feminilidade e alegria de ser mulher!

Buscando este ideal, privamos por uma dança sem competição, na qual todas as mulheres, independente de idade ou tipo físico, possam dançar em amizade, união e harmonia.

Para nós, a Dança do Ventre é a Dança do Coração.


Mais fotos no álbum: Inspirações - SUL
Visite e curta: Nossa Tribo & Nossa Dança

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

GRUPO AMINAH - RS

Inspirações - GRUPOS & Cias Brasileiros: Grupo Aminah 

Grupo de dança independente. Criado através da amizade, diferentes em muitos aspectos e unidas pela dança.

Não temos uma mestra única, ou uma única linha, queremos aprender cada dia mais, experimentar as diversas nuances que este mundo dançante pode nos trazer.


Somos felizes quando dançamos.

"O que eu tenho compreendido depois de uma vida de dança é que a dança é uma meditação em movimento, uma caminhada em direção ao silêncio onde todo movimento se torna uma oração.” Benhard Wosien

Mais fotos no álbum: Inspirações - SUL
Visite e curta: Nossa Tribo & Nossa Dança

domingo, 19 de janeiro de 2014

GRUPO SHUVANIS - RS

Inspirações - GRUPOS & Cias Brasileiros: Grupo Shuvanis

"Nosso grupo nasceu no dia 03 de março de 2003.



Não somos ciganas e sim um grupo de quatro amigas, que faz da dança seu lazer, um momento de integração. Procuramos homenagear o povo cigano, mostrando o que eles têm de lindo, e nada melhor que a dança para aquecer um coração e despertar um sorriso em um rosto, e isto, é a mais pura magia.

Ser cigano é mais que uma questão sanguínea, muito menos uma vaidade pessoal ou uma doce fantasia sensual. Ser cigano, na verdade, é antes de tudo um estado de espírito, uma intensa energia de participação com a vida, com tudo que ela tem de vibrante, emocionante e especial. Nós não temos sangue cigano, mas com certeza temos a alma cigana."

http://shuvanis.blogspot.com.br/

http://shuvanis-grupo.blogspot.com.br/


Mais fotos no álbum: Inspirações - SUL

Visite e curta: Nossa Tribo & Nossa Dança