segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

O TRIBAL NO BRASIL - NADJA EL BALADY

MAPEANDO O TRIBAL NO BRASIL - Nadja El Balady - 2005

Nadja El Balady é atuante no universo das danças orientais desde 1997. O início de seus estudos em Tribal datam de 2005 na ocasião do Festival LuminaQamar 2005, quando realizou sua primeira apresentação de Tribal quando ainda integrante do grupo “Al Qamar”.



Em 2007 retomou os estudos em Tribal, na ocasião do “Encontro Internacional Bele Fusco” e do primeiro workshop de Sharon Kihara no Brasil e desde então procurou a fusão dos elementos estéticos do Tribal à corporeidade das danças brasileiras, sua outra linha de atuação em dança. Especializou-se na Fusão Afro e Fusão Brasil.

Em 2008 promoveu o primeiro festival de dança voltado unicamente ao Tribal no Brasil, o “Festival Tribal do Rio”, que em 2009 passou a se chamar “Tribes Brasil” e teve mais duas edições em 2010 e 2011.

Dentre as profissionais promovidas pelo festival, estão: Isabel de Lorenzo, Geneva Bybee e Ariellah, além de muitas brasileiras como Kilma Farias, Nanda Najla, Mariana Quadros, Shaide Halim, Mahaila DiLuzz, entre outras.

Em 2009 fundou a primeira Trupe de ATS® brasileira, a “Tribo Mozuna”, em parceria com Aline Muhana. Neste mesmo ano fundou e dirigiu a Cia de Tribal Fusion “Caballeras”, com a qual produziu os espetáculos “Tribal Gênese” (2010) e “Carpe Noctem” (2011). Ainda em 2009 foi professora convidada do festival “Tribal y Fusion” em São Paulo. Ainda em 2009, Nadja promoveu o primeiro Hafla Tribal no Rio, trazendo a Sister Studio Isabel de Lorenzo.

Em 2010 graduou em Dança pela UniverCidade, no Rio de Janeiro. Neste mesmo ano ministrou workshops em São Paulo, participou como convidada solo e com a Tribo Mozuna dos Festivais “Tribal Extreme” em João Pessoa – PB “Campo das Tribos II” em São Paulo - SP.

Em 2011 ministro workshop de ATS® em Brasília no Zahra Studio. 

Nos anos de 2010, 2011 e 2012 promoveu 9 edições do evento “Alternativa Oriental” dedicado a promover Tribal, Danças Populares Brasileiras, e diversas possibilidades de fusão. O evento funcionou como celeiro de criação para a Tribo Mozuna e para diversas artistas do cenário carioca da Dança Tribal.

Em 2012 Nadja ministrou workshops no Rio de Janeiro, participou como professora convidada do festival “Caravana Tribal Nordeste – Recife” e foi a São Francisco / Califórnia fazer os cursos de formação em ATS® “General Skills”, “Teacher Training 1” e “Teacher Training 2”. Por esta formação, recebeu o credenciamento como “FatChance BellyDance® Sister Studio”
Em 2013 dançou como convidada no “Festival Campo das Tribos V” em São Paulo, ministrou workshops no Rio de Janeiro e Cabo Frio.

Dentre os nomes das professoras de Tribal com quem já fez workshops e imersões estão: Sharon Kihara, Kaeshi Chai, Mardi Love, Ariellah, Geneva Bybee, Isabel de Lorenzo, Morgana, Kami Liddle, Carolena Nericcio, Lady Fred, Zoe Jakes e Rose Hardem. Nadja é diretora do Oriental Studio de Dança no Rio de Janeiro e prossegue dando aulas, produzindo e eventos e investigando a conexão Oriente – Brasil através da corporeidade brasileira na dança oriental.


Texto do blog:

http://mapeandotribalnobrasil.blogspot.com.br/2013/06/2005-nadja-el-balady.htm

Muito mais fotos no nosso ALBUM COMPLETO - AQUI.




Visite e curta: Nossa Tribo & Nossa Dança