sexta-feira, 11 de julho de 2014

BAILARINA - JANIS GOLDBARD

JANIS GOLDBARD


Sou paulistana vivi em Belo Horizonte e agora vivo a um ano e meio em rio branco, até meados de 2000 eu fazia kung-fu, depois é que fui apresentada à dança do ventre, mas não a praticava de forma continuada e somente em 2009 dei seguimento em uma escola muito especial pra mim, a de Nanda Najla, daí fiz alguns works de dança do Ventre, Tribal e fusões que a escola organizava com bailarinas conceituadas como Priscila Nayara, a própria Nanda Najla, Analu d”Alessandro, Priscila Patta, Thalita Menezes, Mariana Schimit e Regina Martins entre outras de do Ventre com Fátima Pontes, Marília Pires e Yanne Alimah, Também participando de cursos e oficinas de danças contemporâneas com Valeska Alvim, Lígia Tourinho, Christina Streva, Thardelly Lima, Ananias Break, Sanclé Souza, Alex Matos e Regina Maciel.

Atualmente ministro aulas e trabalho no processo de criação de um grupo de Tribal Fusion aqui em Rio Branco, além de ser bailarina integrante do grupo Expressões Contemporâneas “Criação e Visibilidade” em parceria com Sesc e também integrante do corpo de baile da Cia Garatuja de artes Cênicas.

Representando a Tribal Fusion  em Rio branco/ Acre

No II Festival de Danças de Rio Branco que ocorreu no dia 17/05/2014 o Tribal Fusion, através de mim, foi  representado mais uma vez no cenário da dança na cidade de Rio Branco.

Desta vez então no formato de Festival com jurados e premiações, regulamento com uma análise técnica que dentre tantos estilos como jazz, balé, dança contemporânea, hip hop, dança do ventre, forró , dança de salão e outros estilos a  comissão técnica  teria que julgar autenticidade, figurino, musicalidade, composição coreográfica e  movimentação de palco.

Além de estarem presentes  bellydancers e grupos organizados de vários outros estilos, grupos de jazz de cidades vizinhas enfim, o cenário da dança representada no festival , a comissão de jurados foi formada por diretores de companhias conceituadas da cidade, coreógrafos e bailarinos de jazz e balé,  membro integrante da cultura de dança de rua, diversos olhares para julgar várias modalidades.

A comissão de jurados por unanimidade escolheu a Tribal Fusion  representada na figura de Janis Goldbard como 1º lugar solo, um dos jurados depois me disse que causei estranhamento e uma escritora renomada acreana disse que a Tribal Fusion é uma linguagem nova aqui na cidade e que a ela hipnotizou de maneira que não conseguiu tirar os olhos até o fim da apresentação.

O conceito da coreografia criada é a da valorização da cultura de raíz, como sou descendente de índios quis homenageá-los nessa composição e também como  estou me aprofundando no estudo da ATS quis usar elementos que me remetessem a raíz da Tribal Fusion e também quis homenagear meus  professores de contemporâneo  e  também as grandes mestras  da Tribal Fusion  sem as quais não estaríamos aqui hoje participando um pouquinho dessa linguagem de dança tão autêntico, criativo e novo.

** Material enviado por Janis Goldbard para este Blog para publicação e divulgação. 
Dando ao Blog Nossa Tribo & Nossa Dança o direito de divulgar sua imagem, escritos e vídeos. **

Visite e curta: Nossa Tribo & Nossa Dança