sábado, 9 de maio de 2015

ESTUDO - A DANÇA CHINESA DO PAVÃO

De clima tropical, Yunnan está localizado a Sudoeste da China. Lá se encontra o povo da etnia "Dai", conhecidos por seu canto e dança. Uma dança em especial merece atenção e passei aqui para falar sobre ela. "A dança do pavão".
Considerado símbolo da bondade, sabedoria, beleza, boa sorte e felicidade, o pavão tem uma dança dedicada a ele. Realizada, principalmente, no Ano Novo do calendário Dai, também em outros importantes eventos de celebração religiosa.

Na dança tradicional do pavão, alguns jovens dançavam acompanhados de instrumentos musicais como tambores "pé de elefante" (tambor regional que tem forma de pé de elefante, com comprimento de 1,7 metros os mais longos e 0,7 metros os mais curtos), gongos, pratos etc. Eles Usavam capacete de ouro, máscara e vestiam uma jaqueta decorada com asas de pavão. Costumava ser realizada por homens, que usavam adornos pesadíssimos, com o passar do tempo a mulher começou a praticar, removendo do figurino as pesadas asas, incorporando longas saias decoradas com pena de pavão.

A dança tem técnica aprimorada e regras rigorosas, com rica variação de movimentos pelas mãos, vários saltos e diversas evoluções. Seus passos imitam a poesia que existem nos movimentos do pavão, tudo moldado no corpo de quem estiver dançando, passos como "o pavão em busca da floresta", "a caminhada na floresta", "jogando a água de primavera", "a procura de água potável", "brincando na água", e é tudo feito de forma muito elegante.
Publicado na Fanpage Estudos Etno-culturais de Mell Borba.
Postagem feita aqui.