sábado, 23 de maio de 2015

ESTUDOS - GHAWAZEE - FAMÍLIA MAZIN

Khairiyya Yusuf Mazin, era a mais nova das cinco (5) filhas de Yusuf. Su'ad, sua irmã mais velha, tinha sete (7) anos de idade quando subiu ao palco pela primeira vez, dançando com sua tia Labiba, famosa dançarina de Quina, no Egito. As outras garotas Mazin se chamavam Fathiyya, Feryal e Raja.

Fathiyya e Feryal cantaram e dançaram no filme egípcio Al-Zauja al-Thania e Khairiyya retratou no cinema uma sedutora ghaziyya da era napoleônica, em uma produção francesa.


Extremamente marginalizados pela sociedade, eles viviam da arte do entretenimento, eram associados à vida fácil e, segundo alguns estudiosos, tinham origem Domani (ciganas).

Em muitos momentos a palavra Ghawazee se tornou sinônimo de prostituição, isto é ilustrado num insulto comum no sul do Egito, "yabn al-ghazeeya", que significa literalmente, "filho de um ghazeeya”.

A caçula das irmãs Mazin é um dos últimos expoentes da dança autêntica do povo Nawari, do Alto Egito. Hoje Khairiyya ministra aulas para estrangeiros e pesquisadores de todo o mundo.
Publicado na Fanpage Estudos Etno-culturais de Mell Borba.
Postagem feita aqui.